A criação de uma realidade diferenciada

buda jovemAlgumas são as qualidades que criam uma linha divisória entre o funcionamento adulto (mais do que esperado se quisermos evoluir saudavelmente), e o comportamento mais infantilizado (que infelizmente ainda faz parte do repertório de tantos indivíduos). A capacidade de ser criativo em situações desafiadoras, um alto índice de tolerância à frustração, a empatia com a dor do outro, a capacidade de adiar o desejo de satisfação e prazer imediatos em prol de conquistas mais permanentes. Essas entre tantas outras características do adulto pleno em suas potencialidades mais sublimes, tornam-se requisitos altamente necessários se quisermos avançar rumo a patamares mais especializados de existência espiritual.

Olho com crescente preocupação o quanto atualmente encontramos uma quantidade cada vez maior de seres cujas existências são pautadas pela falta de todas ou muitas dessas qualidades, tornando suas vidas (e a de quem está por perto), um labirinto infernal de sofrimento constante. Frequentemente percebo o quanto para muitas pessoas é tão fácil ‘terceirizar’ as responsabilidades por seus  insucessos e fracassos, o que de forma alguma irá resolver a questão , muito pelo contrário, na medida em que acabamos por esvaziar nosso poder pessoal, nutrindo a crença de que somos impotentes perante nosso destino. E temos sim, mais capacidade do que pensamos para nos mover dentro de um mar de adversidades que possam surgir. É preciso com toda urgência imposta pela atualidade, revermos esses conceitos e nos inspirarmos no paradigma de que Somos Um Só, percebendo que a forma como atuo em meu cotidiano, é o diferencial que me trará para mais perto de um equilíbrio tão procurado, compreendendo o quanto sou o eterno responsável pelo que crio e co-crio com o Universo.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *