Academia de Estudos Holísticos

Assine nossa newsletter e ganhe um e-book exclusivo:

5 terapias que combatem a depressão.

Academia de Estudos Holísticos

LEMBRE DE QUEM VOCÊ É

28/05/2018

Em meus atendimentos é muito frequente receber pessoas que nutrem um sistema de crenças de que se estiverem a disposição do outro absorvendo seus problemas de forma contínua e permanente estarão ajudando. E posso com toda a certeza afirmar que se quisermos auxiliar uns aos outros na caminhada que se faz, o mecanismo básico a ser colocado em ação é exatamente o oposto disso.

Podemos e devemos ‘nos colocar no lugar do outro’, mas não lá permanecer. Esse movimento altamente prejudicial ao nosso desenvolvimento não é empatia, mas a perigosa perda de um distanciamento saudável entre os seres, e que quando acontece se torna um beco sem saída que leva a lugar algum.

Vejo isso com muita frequência acontecendo com terapeutas em início de profissão. E sempre digo a todos eles em meus cursos, que permanecerem centrados em si mesmos, acessando e respeitando a dor do outro mas sem com ela se misturarem, é o que garante a possibilidade de uma ajuda eficaz. Nesse sentido a premissa básica de que o terapeuta não pode “se perder”. Mais do que ninguém ele precisa saber para onde está indo, e de que forma estará conduzindo o processo em evolução.

Assim o é também em outras áreas da vida quando a preservação de um espaço emocional bem constituído entre os seres, permite uma interseção ou interface onde as trocas se fazem, mas com um senso de identidade muito bem fundamentado: sei quem sou e o que o outro é. Enquanto arquitetos de nosso próprio destino, seremos os construtores de pontes, mas não os ‘alimentadores’ da criação de uma fusão estéril e não saudável. Quando isso acontece todos saem ganhando, as relações permanecem bem mais saudáveis e o mundo agradece!

AGENDA CURSOS:

CURSO TAROT: De junho a dezembro 2018. Para mais informações entrar em contato pelo WhatsApp (19) 981512662

 

2 Comentários

  1. Por Luciana Regina Mathias Augusto em 13 de junho de 2018 às 22:40

    Primeiro gostar de nós, para gostar do outro.
    Hoje vivemos muito com a individualidade, não se importando com as pessoas, tanto em casa como fora dela.

  2. Por Monica Cristina Guberman em 14 de junho de 2018 às 04:04

    Com certeza Luciana esse é o fundamento de tudo! Bjs no coração querida!

Gostou? Deixe seu comentário.

« Artigo Anterior

O Espaço Quântico e a Relação Mãe-Bebê

Próximo Artigo »

LEMBRE DE QUEM VOCÊ É