O Dia em Que Alice Encontrou os Arcanos no País das Maravilhas

rainha-copasPRÓLOGO PARA UMA APOSTILA

Minha jornada de autoconhecimento e aprendizagem sobre questões tão fundamentais da vida através do Tarot, vem se fazendo há pelo menos uns bons vinte e cinco anos. Lembro perfeitamente bem quando ia uma vez por semana assistir as aulas com Rosane minha professora, no centro da cidade do Rio de Janeiro, movida por uma curiosidade que não sabia explicar. Para dizer a verdade fui como que ‘conduzida’ aquele curso, e somente fui entender melhor o porquê de fazer parte de algo ainda não muito compreensível para mim, realizando uma escolha puramente intuitiva, somente anos mais tarde quando fui concretizando meu caminho enquanto terapeuta. E desde então, nunca mais me vi sem meu grande ‘companheiro’ de questionamentos, aprofundamento e caminhada, com ele ‘trocando confidências’ e dele recebendo conselhos que muitas vezes desejaria não ter que ouvir. E tenho cada vez mais a absoluta convicção de que o Tarot não está lá para nosso deleite pessoal, mas para descobrirmos nossas verdades mais profundas e acessarmos tudo aquilo que nosso inconsciente pessoal e espiritual tem a nos dizer.

Durante muitos anos estive procurando por alguém que pudesse me iniciar no estudo dos Arcanos Menores, já que por temperamento e qualidades de personalidade nunca me contento com o mínimo, quero sempre mais. E foi dessa forma que ao longo de todos esses anos, novos Portais foram se abrindo e novos conhecimentos chegando. Levei décadas para poder receber o ‘sinal verde’ para mais essa fonte de conhecimento, e somente muito recentemente o acesso ao conteúdo e significado dos Arcanos Menores pode me ser transmitido pelas mãos de um grande terapeuta e amigo, José Barros Neto, a quem aqui agradeço publicamente o muito que foi compartilhado e transmitido.

Muitos anos de amadurecimento através de incontáveis sessões de Tarot me permitiram então esse encontro tão magnífico com “personagens” incríveis como os Arcanos Menores da Realeza. E me sinto como uma espécie de ‘Alice no País das Maravilhas’, que em sua queda pelo buraco da árvore, se descobre em um mundo fascinante, sendo apresentada a cada um desses ‘seres’, a cada passo do caminho. Cada um deles é capaz de nos introduzir a um pouco mais de nós mesmos e a níveis ainda mais sutis de nossa existência. Encantamento, magia e mistério mais uma vez… Essa a forma absoluta pela qual entendo a validade de nossa vida na Terra. E somente posso desejar a você, estimado aluno, que sua viagem seja tão fascinante quanto tenho a certeza de que possa ser. E que esses instrumentos que agora se tornam acessíveis, sejam utilizados com grande carinho, responsabilidade e senso de missão e propósito, permitindo que mais Luz seja canalizada para essa Humanidade tão necessitada de renascimento e Cura de Alma! Seja bem vindo a mais fascinante das jornadas!

One Response so far.

  1. Valéria disse:

    Gosto muito do que você fala,acho prudente para a humanidade.Quero saber sobre o curso de Reiki,pode me mandar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *