O QUE É SER UM INICIADO?

iniciaçãoAo longo de minha vida já passei por muitas Iniciações relacionadas a diversas Tradições, desde aquelas realizadas no aconchego e beleza da ritualística de Umbanda, até as Iniciações de Reiki, Iniciações Angélicas e Iniciações pertencentes às artes oraculares como o Tarot, o Baralho Cigano e os Búzios. Apenas para mencionar algumas entre tantas outras das quais guardo recordações maravilhosas, preservadas com imenso carinho e respeito em meu coração.

Cada Iniciação pela qual passei mudou de uma forma bastante transformadora minha maneira de agir, sentir, pensar, compreender e atuar no mundo. Foram processos de uma intensidade impossível de descrever com exatidão em palavras e que me impulsionaram ainda mais para a frente rumo a novos estágios de evolução. O impacto de cada passo dado no caminho nesse sentido ainda reverbera em meu espírito e em minha vida cotidiana. A cada Iniciação que foi se seguindo ao longo de décadas, meus olhos espirituais foram se abrindo, minha mente foi alcançando limites inimagináveis de expansão de consciência, minhas capacidades de lidar com minha missão de vida e predestinação aumentando a olhos vistos para mim mesma. A vida foi se tornando um palco mágico de ação. Cada dia um milagre de existência. Coisas incríveis e surpreendentes foram realmente acontecendo. E mais responsabilidades chegando. Mas posso dizer que embora tudo isso represente o meu ‘jardim pessoal’, nem tudo foram flores. Muito pelo contrário, posso lhes garantir. Muitos espinhos tiveram que ser removidos. Muitas lágrimas enxugadas e tantas vezes cuidadosamente escondidas do mundo. Muitos passos tiveram que ser dados por sobre pedras, abismos, encostas e beiradas. Muitas pontes tiveram que não só serem atravessadas, mas construídas. Muitas “Noites Negras da Alma” vivenciadas através de uma dramaticidade avassaladora que somente eu e o Sagrado sabemos. E como sabemos! Mas valeu a pena. E tem valido a pena. E muito! E não me vejo de forma alguma vivenciando ou desejando algo diferente de tudo isso. Pois sei que a libertação de carmas muito antigos somente pode ser feita se com toda a convicção, determinação, fé e coragem pusermos “a mão na massa” sem hesitação.

Para mim ser um Iniciado é estar constantemente em busca de respostas para questões sobre a nossa existência. Ser um Iniciado é buscar a compreensão não intelectual, mas emocional de que somente o amor é que cura, somente o amor nos liberta, somente o amor alquimiza o melhor de nós mesmos. Ser um Iniciado não é somente participar de rituais específicos que são maravilhosos sim, mas que em si mesmos e por si só não levam a lugar nenhum. Mas perceber que esses rituais são tão somente os instrumentos para nossa evolução e crescimento. Ser um Iniciado é perceber em profundidade que os altares e os templos mais belos que existem se encontram dentro de nosso espírito, e não em qualquer outro lugar. Ser um Iniciado é se permitir ser Divino em nossa natureza tão humana. Ser um Iniciado é atravessar Portais sem a chance de retorno. Felizmente. Tornar-se um Iniciado nos leva aos limites de nossas possibilidades, e quando pensamos que não vamos mais aguentar, um passo adiante e um salto para cima surgem da forma mais incrível possível! Ser um Iniciado é realizar uma receita diária onde ingredientes como compromisso, responsabilidade, humildade, entrega, disciplina, seriedade e muita, mas muita resiliência e aceitação devem estar presentes. Tornar-se um Iniciado é se acostumar com certezas que “vão por água abaixo” e com os “giros de 180º” que inevitavelmente vão acontecer em nossas vidas. Não somos e não seremos mais os mesmos, tudo terá mudado. E tudo vai mudar ainda mais, mas posso lhes garantir com toda a certeza pessoal, que para muito melhor. Não em um sentido material (isso até pode acontecer, como consequência), mas num sentido emocional e espiritual incalculável.

Sempre menciono que o Caminho do Iniciado não é nada fácil.  Mas ele é totalmente possível se assim escolhermos. Houveram momentos em que uma parte de mim pensou em desistir, mas nem eu mesma levei a sério essa possibilidade! Ainda bem! E o que posso dentro de minha experiência de muitos anos nesse sentido, é lhes afirmar que nunca tivemos tantas condições de nos superarmos enquanto seres humanos, de nos curarmos enquanto espíritos e de nos tornarmos os Iniciados que sempre fomos. Que a cada dia possamos nos permitir a chance de recebermos esse presente da Vida e essa possibilidade tão magnífica. Um dia, em existências  futuras, seja aqui seja em outros planos e dimensões, iremos agradecer a nós mesmos e nos aplaudiremos de pé, por esses momentos vividos de uma forma tão corajosa!

One Response so far.

  1. Veronica disse:

    Perfeitamente dito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *