PENSAMENTO POSITIVO FUNCIONA?

mente brilhanteDe que forma posso obter a realização de meus desejos? Como posso construir minha vida de uma forma mais prazerosa? O que preciso fazer para alcançar meus objetivos? Será que o pensamento positivo é o suficiente para garantir a concretização de meus sonhos?

A referência à força do pensamento embora esteja sendo apresentada hoje como uma grande novidade, é algo que já vem sendo mencionado de diferentes formas e maneiras em fontes como a própria Bíblia, onde se diz que “o Homem é aquilo que pensa”, ou quando Buda dizia que “Tudo aquilo que somos é o resultado do que pensamos”, ou quando séculos mais tarde William James, eminente psicólogo e filósofo afirmava que “A convicção cria o fato real”. Em alguns filmes e livros da atualidade tem sido apresentado o conceito de que a expressão positiva de nossos desejos e a crença absoluta em sua materialização, é garantia mais do que certa para a realização de nossos anseios na vida. E não posso ou não gostaria de forma alguma de contrariar ou contestar essa versão tão otimista de nossa realidade. Mas embora considere isso bastante verdadeiro, minha certeza nessa afirmação vai até certo ponto por uma série de razões que irei melhor explicar. Acreditar em nós mesmos e nutrir altas doses de fé na vida é fundamental, mas é imprescindível levarmos em conta alguns outros fatores se apresentam com toda a certeza enquanto componentes importantíssimos na execução dessa equação.

Nosso pensamento flui e se expressa enquanto ondas energéticas emanadas pela nossa mente, através das estruturas cerebrais, que como uma ‘antena viva’ apresentam a capacidade de se conectar a certas situações circundantes como um “imã” que vai atrair tudo aquilo com o qual estas ondas estejam em ressonância vibratória. Nesse sentido nossa vida é a exata expressão do que sentimos e pensamos. Em princípio isso seria o suficiente para atrairmos tudo aquilo que tanto desejamos, mas se é assim, qual a razão pela qual em diversos momentos essa ‘Lei da Atração’ parece não funcionar? Qual o motivo pelo qual penso e desejo tão insistentemente algo que com uma frequência acima do desejado não obtenho?
Estudos realizados pelas neurociências demonstram que as mesmas áreas cerebrais são igualmente ativadas quando percebemos os estímulos externos com os órgãos dos sentidos e quando eles são apenas imaginados. Isso nos permite o entendimento de que aquilo que o nosso cérebro considera como “real” está muito mais vinculado à vivência de nossas experiências internas, do que propriamente àquilo que é percebido ‘lá fora’. Todavia essa ‘concretude cerebral’ ou a ‘imagem desejada na mente’ seja o principio de tudo, muitas vezes estamos ‘pensando’ de um jeito, ‘sentindo’ de outro e ‘agindo’ de outra forma. E nessa ‘briga interna’ que muito usualmente ocorre sem uma grande consciência de nossa parte, as dimensões inconscientes do ser acabam por vencer o nosso pensamento. Por esse motivo não basta apenas ‘pensar positivamente’. É necessário que tanto o pensamento quanto o desejo e a ação, estejam acontecendo de forma suficientemente alinhada e coerente, para que nossos projetos se concretizem. Na verdade o grande segredo de toda essa estória é a possibilidade de nos tornarmos cada vez mais conscientes de quem realmente somos e de como de fato lidamos com nossa realidade. Sem disfarces. Sem máscaras. Sem escapismos. Isso é o que nos tornará incrivelmente mais responsáveis pela concretização de tudo o que desejamos, mas tão somente se estivermos sendo coerentes de verdade com tudo aquilo que somos.

2 Responses so far.

  1. Maravilha de texto !!!! Realmente, não basta somente pensarmos. Na prática terapêutica de Constelação Familiar, quando solicito para o representante verbalizar alguma palavra que represente o “amor”, “graditão” ou simplesmente fazer uma reverência aos ancestrais, se não for proferido do coração, da Alma, ou seja, com muita verdade, não haverá transformação e nem concretização de algo que desejamos. bj grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *