Academia de Estudos Holísticos

Assine nossa newsletter e ganhe um e-book exclusivo:

5 terapias que combatem a depressão.

Academia de Estudos Holísticos

VOCÊ TEM VALOR, MAS NÃO TEM PREÇO!

15/04/2018

Escutei essa frase de um amigo espiritual muito importante em minha vida e ela fez todo sentido para mim, me remetendo a vontade de escrever esse texto. Estamos vivendo momentos históricos muito fortes e aparentemente caóticos que tem trazido enorme inquietação para todos aqueles que buscam conduzir suas vidas da melhor forma possível. E falo intencionalmente a palavra ‘aparentemente’, porque por debaixo de tanta confusão e por detrás dos ‘bastidores da vida’, engrenagens espirituais, eu diria cósmicas até, foram colocadas em movimento e ação. Diante do turbilhão de acontecimentos políticos que vem ocorrendo não só em nosso país, mas em muitos outros locais e de diversas maneiras, é praticamente impossível não nos questionarmos para onde vamos com tudo isso. E cada um vai buscar a sua melhor resposta, aquela que possa aplacar suas emoções, equilibrar sua alma e acalmar seu coração. Assim espero!

E para que eu possa dar continuidade ao meu raciocínio, é fundamental que neste momento eu fale um pouco sobre o que significa emocional e energeticamente o dinheiro ou o ‘vil metal’ como muitos o chamam. E se formos parar para refletir, essa expressão em si já vem completamente contaminada por um sentido bastante negativo e que denuncia de maneira bem explícita, o quanto nossa vivência no trato com esta questão precisa urgentemente de cura. Como psicóloga, terapeuta e professora de diversas abordagens, frequentemente surgem questionamentos relativos a essa temática e que demonstram o quanto aprendizagens espirituais importantes que surgem através da materialidade da vida, ainda precisam de muitos ajustes.

Quando observamos atentamente as dinâmicas familiares relacionadas ao uso do dinheiro, podemos perceber que o ‘papel moeda’ utilizado nas trocas financeiras, se apresenta muitas vezes como um elemento altamente simbólico para a forma como as trocas afetivas são realizadas no contexto familiar. Dinheiro é energia em circulação. Dinheiro é energia emocional materializada colocada em movimento. E dessa forma não é tão complicado assim de entender porque estamos enquanto humanidade ainda presos a armadilhas que se perpetuam indefinidamente. Qual o valor que damos para nossa existência e para aquilo que somos enquanto seres? Como percebo minha importância no mundo? Acredito que faço a diferença para mim e para os que me cercam? Qual o meu valor? Como meus pais e ancestrais vivenciaram a questão do dinheiro? Perguntas importantes que nos levam a uma busca de respostas que possam nos permitir compreender que matéria e espírito são uma coisa só, e que a maneira como encaramos os bens financeiros, vai determinar muito a maneira como vivemos nossa realidade. Todos querem e desejam ser prósperos, mas estamos de fato preparados inconscientemente para isso? Por conta de muitos bloqueios emocionais, desequilíbrios familiares e sistemas de crença ancestrais, muitos indivíduos abrigam a crença inconsciente de que dinheiro é sujo e que desejar a prosperidade é feio. Não é de se admirar que tantas situações lamentáveis acabem por ocorrer por conta disso.

Não vou entrar nos méritos do quão complicado, triste e desanimador é a questão da corrupção política. Lamentavelmente tanto poderia ser feito por tantas pessoas se houvesse discernimento, ética, presença de valores elevados mantidos de forma séria e permanente. Não tenho a intenção de discursos políticos através de meu texto, longe de mim isso!! Meu texto é psíquico, meu texto é simbólico, e muito me agrada que beire o espiritual. Mas fica aqui uma pergunta: porque as pessoas “se vendem”? Os esquemas de corrupção podem ser analisados sob alguns pontos de vista que vão desde a questão da falha de caráter, até pontos de vista explicativos sociológicos, e talvez mesmo, pelo menos é assim que penso, desequilíbrios espirituais bastante severos. E fico a pensar no quanto aquele que pensa muito pouco de si, em alguns casos, acaba buscando uma validação interna e um valor pessoal através de uma espécie de ‘embriaguez pelo poder e pelo dinheiro’.  A ganância surgindo como um substituto pela saciedade emocional e principalmente espiritual. Lamentável e tristemente. Vocês podem dizer que todo esse cenário político atual é apenas uma questão de caráter. E eu concordarei em gênero, número e grau, até porque minha intenção não é justificar tudo o que tem acontecido ultimamente, dizendo que os políticos são uns ‘coitadinhos de baixa autoestima’. De forma alguma! Mas aqui coloco mais uma vez, que minha intenção é tão somente mostrar o quão longe essa questão vivenciada de forma bastante sombria pode levar os indivíduos. Até que ponto alguém pode chegar quando cego diante dos valores realmente fundamentais da vida perde o seu senso mais profundo de valor próprio, tristemente esquecendo quem é o que veio aqui realizar na terra.

Acredito de verdade que toda crise por pior que seja, traz a Luz, e percebo que a aparente ‘piora’ nos dias de hoje, pode estar na verdade antecipando em termos históricos uma grande melhora a longo prazo. Pois como costumo dizer, se não acreditasse na humanidade estaria fazendo qualquer outra coisa profissionalmente falando em minha vida. E sendo assim, precisamos resgatar um sentido mais profundo de nossa importância histórica, de nosso papel na humanidade e principalmente diante de nossas consciências. E princialmente lembrarmos nas pequenas grandes coisas do dia-a-dia,  que não existe preço no mundo que pague o nosso valor enquanto seres divinos. Acabei me estendendo nesse texto muito mais do que imaginei, empolgada com o tema e estimulada pela energia de meu amigo espiritual. Muito mais poderia ser dito, mas acredito que ele em sua infinita sabedoria, resumiu muito bem tudo o que aqui busquei expressar e que é o título de minha mensagem. Minha gratidão eterna e infinita ao auxílio espiritual que tem sido a mola mestra para tudo o que faço. Vamos em frente porque muito ainda resta a ser feito!

Gostou? Deixe seu comentário.

« Artigo Anterior

Pois Abrir Os Olhos É Preciso!

Próximo Artigo »

VOCÊ TEM VALOR, MAS NÃO TEM PREÇO!